domingo, 9 de dezembro de 2007

A dificil tarefa de lutar contra a corrente

Pois então.. é uma coisa extremamente complicada...Para todos os lados que você olha, vê unicamente pessoas caminhando numa trajetória unidimensional e de sentido igual...Não se arriscam a desviar, não tentam ir no lado oposto, nem ao menos curvar levemente sua trajetória e aumentar o grau de liberdade...É muito simples..nascemos.. e no nosso processo de crescimento, nos são escolhidos caminhos a se seguir, idéias,ideologias ,comportamentos padrões e até mesmo um padrão de raciocínio.Tudo nos é pré-determinado para que posssamos seguir uma linha reta, regular, fina(como mencionei... quasi-unidimensional).A maioria das pessoas, aceita passivamente essas trajetórias, e se torna um adulto dentro dos padrões de "normalidade".Pra elas, é dificil questionar fora da sua área de ação, porque existe um medo profundo de estar indo pro caminho errado.. porque dês de cedo, aprendemos tudo que é "certo" e "errado", e essa associação nos atormenta pela vida toda; fazer o "certo" dos dá tranquilidade;cometer atitudes "erradas" nos gera sentimento de culpa..e como não pensamos na natureza lógica dessas idéias.. evitamos os caminhos errados, que vale lembrar.. muitas vezes são errados, simplesmente porque alguém nos disse que são errados.E então crescemos.. e inevitávelmente, a responsabilidade nos faz assumir posturas, conceitos, idéias mais definidas e o caminho que se vê na maior parte das pessoas são homens e mulheres que assumem os valores da cultura social.Então, o animal que se orgulha em ser diferenciado pela inteligência e pelo alto grau de variabilidade e maleabilidade, perde seu valor individual, se tornando mais uma peça duma máquina que faz o motor da sociedade se locomover...A engrenagem "defeituosa" é discriminada e substituída por outra mais "normal",que não atrapalhará o andamento da máquina.Temos que marchar, marchar, em direção ao avanço , em busca do progresso.. e desse progresso, quem poderá desfrutar?

sábado, 6 de outubro de 2007

Ainda sonho com o nosso dia...

Em todos os dias de minhas turbulentas noites... sonho com o aquele dia por tantas vezes tão sonhado por nós.
Aquele dia em que não existirá mais tempo, e que noites e dias virão de acordo com nosso estado de espírito.
Sonho com aquele lugar perfeito, aquele pôr-do-sol mais que lindo, que regará nossas almas daquela paz melancólica em todo fim de tarde...
E acordar com seu olhar terno e seu sorriso doce,ou observar pacientemente o teu lindo "despertar".
Sonho com os seus beijos quentes nas frias noites de inverno daquele lugar que só nos conhecemos.Agora, nåo me lembro mais se é ao norte ou ao extremo sul, e isso nao nos faz a menor importancia , pois o caminho , somente nós sabemos...

E descobrir as nuances de seu prazer;

E me perder em cada detalhe íntimo seu;

E aprender a ver-te no sentir de teu calor e nas curvas de teu corpo...

Amor... ainda sonho com esse dia, e sei que aquele lugar,não é apenas um sonho;

É o nosso sonho....E sei que ele estará lá,

Se guardando puro e singelo,para que finalmente, um dia, possamos viver,

Nosso eterno dia


Daniel Marchesi

segunda-feira, 3 de setembro de 2007

Não se preocupe muito...

Porque preocupações excessivas só nos levam pros piores caminhos e nos impede de sentir o que hoje está diante de nós.O o tempo anda num fluxo contínuo e sempre positivo, e isso independe do nosso desejo.. o universo está, esteve e sempre estará fora de nosso controle.. somos apenas peças dele, que dentro dum microuniverso, temos um certo poder de influência e grau de liberdade.. mas é ingênuo d+ acharmos que significa algo relevante diante da imensidão do todo...Talvez o caminho da felicidade esteja em aceitar a realidade e sempre fazer o máximo dentro das nossas limições...Ser você mesmo,aprender e aprimorar-se profissionalmente e afetivamente,tratar as pessoas cada vez melhor, ser mais tolerante, cada vez mais compreensivo.. tentar sempre exteriorizar e irradiar amor, é TUDO QUE PODEMOS FAZER NESSA VIDA, e é isso que fará a diferença.

sábado, 28 de julho de 2007

E uma hora percebemos...

O que realmente vale nessa vida.

Passamos toda uma juventude deslumbrados com as coisas superficiais dessa vida...Damos uma enorme importância à estética, julgamos as pessoas e a nós mesmos pela aparência, pomos em primeiro grau de prioridade obter status social e riqueza...E parece que isso prossegue por toda uma juventude...Não é difícil perceber porque tudo isso nos domina tanto por tanto tempo:simplesmente isso atinge nossa vaidade, vai direto ao nosso ponto fraco...Sem contar que são produtos que nos dão prazeres quase instantâneos, e os "benefícios" do seu usufruto estão totalmente a mostra...Parece que no fundo agimos pelo medo de correr riscos, e nisso ,escolhemos as estradas que a primeira vista, se apresentam mais conservadas...Entretanto, a medida que caminhamos por ela, percebemos que a beleza a conservação e segurança dela só dura nos poucos quilômetros do inicio, e depois, encontramos algo com menor estrutura até que a outra estrada"simples" que rejeitamos.Aí somos obrigados a voltar ao ponto inicial e andar pela outra estrada... até que percebemos, no meio do caminho, que apesar de alguns pontos esburacados, a paisagem externa é maravilhosa, de tal modo que no fim do conseguimos entender que a simples vista e o clima daquele lugar compensou a pouca infra-estrutura da rodovia.
E parece assim.. as melhores coisas da vida não se mostram de forma tão óbvia... a primeira vista elas parecem pouco estimulantes.. mas com o passar do tempo. e de forma bem gradativo, conseguimos perceber sua essência e entendemos a real e complexa beleza delas...Já outras, nos apresentam como maravilhas, quase caminhos pra felicidade plena, e em pouco tempo se mostram uma grande ilusão de óptica.Não é simples entender isso,mas pode ter certeza, buscar a felicidade, está, antes de qualquer outra coisa, tentar compreender o que essencialmente nos dá prazer, mas não um prazer instantâneo, e sim algo que atinge a profundidade de nossa alma e nos faz sentir realmente de bem com nos mesmos.E só assim, poderemos, de fato, falar em felicidade :)

sábado, 14 de julho de 2007

E começam as férias

Isso , as Férias começaram.Não tem como não ser um marco, ainda mais depois que você entra na faculdade e as férias se confundem com o fim das cadeiras semestrais.Nas férias, reorganizamos nossas vidas, revemos os amigos sumidos, revivemos os programas e atividades esquecidas pela falta de tempo.E tudo pode mudar,já que teoricamente,é o período que "voltamos a vida".Espero aproveitar essas férias pra me sentir vivo de novo, pra voltar a escrever,e voltar a fazer tudo que adoro e tudo que preciso fazer.Sei que no fim, não será possível atingir por completo minha meta,mas preciso aproveitar o máximo que puder, porque agora vejo a importância que 1 mês de semi-ócio tem prum estudante de física.

domingo, 24 de junho de 2007

Lasciamo da pensare al domani

Meu amor...tire seus olhos do amanhã... está tão distante de nós,
Que nos importa quantos filhos teremos,onde iremos viver, por quantas manhas ainda acordaremos juntos?
Não teremos certeza disso, enquanto isso for amanhã,
Entao espere o amanhã virar hoje, aí teremos a resposta.
Meu bem... de que importa se isso será pra sempre?
Há coisas que não estão sob nosso controle, e a impotência não nos permite fazer nada pra mudá-las.
Não adianta, não posso fazer juras eternas...porque amanhã a eternidade pode mudar, e mudará com ela todos os planos, todos os trajetos, todos sentimentos.
Então, não tenha pressa...o dia está nascendo.. e logo logo o amanhã será hoje.
Mas hoje... já posso te dizer, que hoje
Meu amor é eterno por ti,
que todos os dias ao seu lado foram especiais,
que nossas noites foram mágicas,
seus olhos são os mais lindos que já vi,
e que amo-te mais que tudo na vida, e nao quero perder esse momento por nada no mundo.
A manha nos surge diante dos nossos olhos... e é a manha mais perfeita que já senti...
Não me importa como será a manha, amanhã...
Não vou perder a manha de hoje
Por nada no mundo.

terça-feira, 19 de junho de 2007

Estética complexa

A verdadeira beleza é aquela que poucos conseguem ver.
Aquilo que todos dizem ser belo, nada mais é que a ponta dum conceito muito mais amplo.
Traços simétricos, proporções perfeitas, não se pode negar a importância ...Mas a verdadeira beleza é muito mais...
Foi a beleza que vi aquele dia.
Aqueles olhos, olhos escuros ,mas vivos, com intenções que me intrigavam profundamente.
Misturavam e alternavam docura, sinceridade, desejo,e algo mais que nao sabia dizer o que era,
e por mais que soubesse de quase tudo o que se passava naqueles olhos,
nao sabia com que intensidade e em que momento se passava cada intenção que se configurava em seu olhar.E aquilo me instigava...
E ainda havia aquele sorriso.. sorriso que nunca vi mais belo
As intenções que se mostravam nos olhar,
Se repetiam e completavam no sorrir,
E agora, não sabia mais em que mundo estava,
Não podia mais entender nada que se passasse fora daquele mundo que se restringia aqueles olhos e aquela boca...
E todo resto eram detalhes sórdidos de minha visao periférica,
Pois naquele momento só relevava os detalhes dela,
E aquilo era mais belo que tudo que já tinha visto,
e aquilo, era a BELEZA pra Mim.

quarta-feira, 13 de junho de 2007

Mundo meu.

Parece que muita coisa mudou nesses meses longe do blog...Sinto que foram anos que se passaram em meses, e ao mesmo tempo senti que perdi um tempo que nao poderia.Bem mas ao menos alguns acontecimentos foram marcantes d+ e mudaram muito minha vida, de modo que sei que ainda não posso ter exata noção da magnitude dessas mudanças todas mas eu sei que foram substanciais.Acho que o que mais marcou foram acontecimentos recentes , que me fizeram ver claramente que não adianta achar que é possível obter tudo que se quer sem nenhum esforço.O mundo anda num fluxo contíuo, e a correnteza da dinamica dos eventos vai te levar a algum lugar, certamente, mas também é bastante provável que o lugar em que você chegará será bem diferente daquele que você sempre quis.No fim , você nao fez esforço nenhum mas também , por mais que tenha chegado a um lugar invejado por muitos, nao chegou ao lugar que realmente te faria se orgulhar de estar, mesmo que esse lugar fosse desdenhado pela maioria das pessoas que te tem inveja.O que realmente importa é NOSSO IDEAL de felicidade,e só conseguimos chegar a isso se lutarmos contra a corrente e ir em direção ao rio que nos guiará para o caminho desejado...Ah é importante lembrar...Quando você encontraresse rio, se tiver certeza de que é o RIO DESEJADO... não adianta gastar energia à toa... Deixa que a correnteza te levar.

domingo, 10 de junho de 2007

Apresentação do novo Blog.

Pois é.Perdi a senha do antigo blog e tive que criar outro.Aproveitei , tendo em vista que o momento é outro, mudei o formato e o nome.De novo não tenho pretensões de demonstrar um domínio rebuscado do português até porque nao o tenho e não faço a menor questão de ter.Não pretendo limitar o conteúdo do blog a um tema central, ainda que, quem me conhece sabe que mes temas no geral sempre tem uma região de interção. O nome se refere ao mundo abstrato das idéias, que é eterno porque uma vez que se as cria, pode-se adormece-las, enfraquecê-las, amputá-las, mas as idéias que se criam não morrem nunca...Foi um nome besta hahaah mas tanto faz, o blog pedia um título e tive que inventar...Saiu isso.
Então , e por aí...